Informação à População | Colocação de armadilhas de feromonas para processionária do pinheiro

A Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica em parceria com a DMEVAE/DEV da Câmara Municipal de Lisboa, colocou durante esta semana armadilhas de feromonas para processionária do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa), em diversos locais da freguesia, nomeadamente na Escola EB1 das Laranjeiras, na Escola António Nobre, no Parque Bensaúde e na Rua Virgílio Correia, junto à Paróquia de São Tomás de Aquino.


A processionária do pinheiro (Thaumetopoea pityocampa) é um inseto desfolhador, que pode parasitar todas as espécies de pinheiros e cedrus. Ao longo do seu ciclo de vida, este inseto passa por vários estádios de desenvolvimento, sendo que a fase de lagarta é aquela que apresenta maior risco para a saúde publica. Ocorre normalmente no final do Inverno e início da Primavera, em que é comum iniciarem a habitual procissão de descida da árvore até ao solo. A lagarta apresenta o corpo coberto por pelos urticantes, que quando em contacto com a pele, mucosas e olhos são responsáveis por alergias em pessoas e animais.


Durante os meses de junho a setembro, o meio de combate a esta praga, passa pela colocação nos pinheiros de armadilhas iscadas com feromonas sexuais para a captura dos machos, em fase borboleta. Esta intervenção é feita com o objetivo específico de reduzir de forma significativa a população de indivíduos que chegará à fase de lagarta, minimizando assim o risco que a presença destes insetos representa para a saúde da população.