Filmes Mudos Musicados – 2.ª Sessão

Quando:
18 Março, 2015@19:00_21:00
2015-03-18T19:00:00-01:00
2015-03-18T21:00:00-01:00
Onde:
Museu da Música
Rua João de Freitas Branco
1500 Lisboa
Portugal

Viagem à Lua (1902), Alice no País das Maravilhas (1903) e Félix em Hollywood (1923) são os filmes que deixarão de estar mudos na segunda sessão do ciclo “Filmes Mudos Musicados”, conduzida pelo músico e performer Charlie Mancini. Entrada 5,00.

Charlie Mancini apresentará no Museu da Música um total de 6 sessões de filmes mudos musicados ao vivo. Com recurso a piano, sintetizador e guitarra, Mancini acompanhará musicalmente as projeções, apresentando e contextualizando as diferentes curtas-metragens em sessões com uma duração aproximada de 60 minutos, realizadas no Museu da Música, sempre à quarta-feira, às 19:00 h. Organização: Associação de Amigos do Museu da Música.

Charlie Mancini reside em Sines, onde desenvolve o seu trabalho, nomeadamente no Centro de Artes de Sines. Do seu currículo constam inúmeras atuações, por exemplo, em Setúbal, na Casa da Cultura, ou em Budapeste, onde colaborou com o Centro de Língua Portuguesa de Camões, projetando cinema português da década de 30.

SINOPSES DOS FILMES:

» LE VOYAGE DANS LA LUNE / VIAGEM À LUA (1902), DE GEORGES MÉLIÈS

O professor Barbenfouillis (Georges Méliès) convence os seus colegas a participarem numa viagem exploratória à Lua. Partem numa nave que aterra no olho direito do satélite. Encontram depois habitantes hostis que os levam ao seu rei. Como é que os exploradores conseguirão fugir?

Depois das filmagens, Méliès teve a intenção de lançar o filme nos Estados Unidos e lucrar com ele. No entanto, Thomas A. Edison antecipou-se, fazendo cópias secretas e, em poucas semanas, o filme já estava a estrear nos Estados Unidos. Méliès nunca conseguiu lucro com o sucesso que fez nos Estados Unidos e faliu alguns anos mais tarde, enquanto Edison fez uma fortuna com o filme.

‘Le Voyage Dans La Lune’ foi um dos primeiros filmes de ficção científica a ser realizado. Contém também uma parte animada, sendo simultaneamente um dos primeiros filmes animados.

Em 2002, uma cópia do filme foi descoberta num armazém em França, evidenciando que a maior parte da película havia sido colorida à mão. O filme foi restaurado e lançado no ano seguinte no Festival de cinema mudo de Pordeone (Itália). É composto por cerca de 30 cenas, sem intertítulos com diálogos escritos.

A banda de rock norte-americana Smashing Pumpkins inspirou-se no filme para o videoclip da música “Tonight Tonight”. O navio que aparece no final do vídeo tem o nome de Méliès em homengem ao realizador.

O realizador e o filme foram homenageados por Martin Scorsese em “Hugo” (2011).

» ALICE IN WONDERLAND / ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS (1903), DE CECIL M. HEPWORTH E PERCY STOW

Foi a primeira adaptação para cinema do famoso livro de Lewis Carroll “Alice in Wonderland”.

O filme tornou-se memorável pelos efeitos especiais que apresenta, incluindo a parte em que Alice encolhe na sala com muitas portas.

Só é conhecida uma cópia existente do filme original e partes do filmes estão perdidas.

A cópia restaurada foi lançada em 2010. Hepworth patenteou várias invenções relacionadas com cinema, como um tipo de lâmpada de projecção e um sistema automático para revelação e impressão de filmes.

Este cineasta inventou em 1910 o Vivaphone, um sistema de som sincronizado que utilizava um fonógrafo.

O realizador fez também uma adaptação cinematográfica para Hamlet de Shakespeare, em 1913.

» FELIX IN HOLLYWOOD / FÉLIX EM HOLLYWOOD (1923), DE OTTO MESSMER E PAT SULLIVAN

Primeiro filme de animação a caricaturar as estrelas de Hollywood. O Gato Félix vai a Hollywood, onde conhece Chaplin, Douglas Fairbanks e outras celebridades da sétima arte.

Existem rumores de que este desenho animado possa ter sido baseado na personagem Charlot.

Criado por Otto Messmer, o Gato Félix é a primeira personagem animada a receber o estatuto de estrela dentro do meio cinematográfico.

Fez o impossível, dado que chegou a níveis de popularidade similares aos das estrelas da altura, como Buster Keaton ou Charlie Chaplin.

O Gato Félix começou a perder a sua popularidade por volta do fim dos anos 20, devido ao surgimento dos desenhos animados falados. Mickey Mouse, criação de Walt Disney, foi o grande responsável pela “morte” do gato Félix. Ainda assim, foram produzidos 183 pequenos filmes desta personagem.

Em 1988 foi lançada a primeira longa-metragem com o gato Félix (produzida na Hungria, Polónia e Bulgária).

CICLO DE FILMES MUDOS MUSICADOS:

– 18/02/2015 – A Cabra (1921) – Buster Keaton / O Emigrante (1917) – Charlie Chaplin
– 18/03/2015 – Viagem à Lua (1902) / Alice no país das maravilhas (1903) / Felix em Hollywood (1923)
– 15/04/2015 – Charlot (curtas de 1915 a 1917)
– 13/05/2015 – a anunciar oportunamente
– 24/06/2015 – a anunciar oportunamente
– 08/07/2015 – a anunciar oportunamente

Reservas e mais informações: 217710990