António Cardoso sobre os Contratos de Delegação de Competências

Como é do conhecimento da população, a Assembleia Municipal de Lisboa apreciou e aprovou recentemente os Contratos de Delegação de Competências com as Juntas de Freguesia de Lisboa, cujo valor total ascende a cerca de 19 milhões de euros.

São Domingos de Benfica beneficiará de uma transferência de cerca de 2,2 milhões de euros, sendo assim a junta de freguesia que, no conjunto de propostas votadas pelos deputados municipais, assegura o montante mais elevado.

António Cardoso, Presidente da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica reagiu, desta forma, à aprovação da Assembleia Municipal:

“Acolhi esta histórica decisão, para a cidade de Lisboa, com grande entusiasmo mas com grande sentido de responsabilidade. A cidade de Lisboa deu mais um passo decisivo para a desejável gestão de proximidade, iniciada há cerca de 2 anos com a nova reforma administrativa. Agora é fundamental assegurar uma implementação rigorosa dos projetos e consequentemente uma boa utilização dos dinheiros públicos, em prol da melhoria das condições de vida da população que reside, trabalha e visita o nosso território. Este positivo desfecho para a freguesia resulta de um trabalho intenso desenvolvido nos últimos meses pela equipa que com orgulho lidero.”

António Cardoso, mais acrescentou sobre o alcance destas novas competências: “Esta verba destina-se essencialmente à requalificação de uma série de ruas e largos da freguesia e vai permitir, nas zonas de intervenção, reordenar o estacionamento e a circulação e a segurança pedonal, assim como, criar, novas bolsas de estacionamento, tão deficitárias na nossa freguesia.”

Sobre a previsão de datas para as obras, António Cardoso, afirmou: “Em tempo oportuno informaremos a população sobre o alcance exato de cada obra assim como, o seu faseamento. Reforço que temos pela frente muito trabalho para formalizar os respetivos concursos e executar as respetivas obras. Estou entusiasmado e empenhado em concretizar mais este desafio que temos pela frente.”